Notícias



03/04/2019

Argentina: Principal destino de exportações para o setor da moda

compartilhe esta notícia
Cenário Macroeconômico

A República da Argentina é o segundo maior país em território e o terceiro mais populoso da América do Sul.

Por mais que a Argentina esteja, novamente, passando por uma crise econômica, se pode perceber que o país tenta se reerguer de todas as formas possíveis, mesmo levando em consideração a grande desvalorização do peso e a alta taxa de inflação.

Em relação ao PIB argentino, a previsão para os anos de 2018 e 2019 é de deflação, onde se espera que o país apresente contração de -2,6% e -1,6%, respectivamente. Diante deste cenário, de recessão econômica, espera-se que o crescimento no país seja retomado a partir de 2020.

Comércio Exterior

Já o comércio exterior da Argentina, tem crescido ao longo dos anos, considerando que a Argentina foi o principal destino das exportações de materiais para a moda brasileiros. Estas exportações registraram crescimento de 3,4% em 2018, com relação a 2017. 

No ano de 2018, a Argentina apresentou importou do Brasil, o total de US$ 178 milhões, sendo os principais produtos: palmilhas, fôrmas, matrizes, químicos para couro, sintéticos e têxteis.

Cenário Calçadista

A Argentina foi o 2º maior fabricante de calçados da América do Sul e o 3º maior da América Latina em 2017, o que muito se reflete por ter tido uma produção de 97 milhões de pares no ano de 2017 e um consumo de calçados de 128 milhões de pares, neste mesmo ano.


Confira informações deste e outros mercados na Plataforma de Inteligência:


A plataforma é um beneficio disponível para associados da Assintecal  e do By Brasil.

Fonte: Setor de Inteligência da Assintecal. 


compartilhe esta notícia

compartilhe esta notícia via e-mail

OPS!