Notícias



03/07/2019

Inflação de Portugal deverá cair para 1,5% em 2019

compartilhe esta notícia
A economia portuguesa vem se expandindo nos últimos anos em função do aumento da demanda interna; com isso, o país alcançou o seu maior crescimento da década em 2017 (2,7%), e em 2018 expandiu 2,3%, de acordo com as estimativas do FMI. Desde o ano de 2014, o país espanhol vem se recuperando das consecutivas retrações acontecidas nos anos de 2012 e 2013, que acabaram influenciando na economia.



Essas, entre outras informações, estão disponíveis na Plataforma de Inteligência no site do By Brasil, Components, Machinery and Chemicals – ação de incentivo às exportações realizada pela Assintecal e pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), contando com parceria com a Associação Brasileira das Indústrias de Máquinas e Equipamentos para os Setores do Couro, Calçados e Afins (Abrameq).

No ano de 2017, Portugal apresentou uma taxa de 2,7% de crescimento do PIB. Já as previsões para os anos de 2018 e 2019 é que o país continue crescendo, a taxas de 2,3% e 1,8%, respectivamente. Além disso, a tendência é que o Brasil volte a superar o crescimento português a partir de 2019.

A inflação no país continua a baixos patamares, tendo alcançado em 2017 um percentual de 1,4%. Já para os anos de 2018 e 2019, a taxa pode alcançar índices que girem em torno de 1,0% e 1,5%, respectivamente.

A taxa de desemprego em Portugal segue uma tendência de queda desde o ano de 2013. No ano de 2017, registrou seu mais baixo patamar no período 2012-2017, de 9,0%. A tendência para 2018 é que a taxa diminua para 7,7%, embora possa voltar a registrar 8,5% em 2019.
No ano de 2017, o país exportou 83.4 milhões de pares de calçados, produziu 82.2 milhões de pares, importou 58.2 milhões de pares e apresentou um consumo de 57 milhões de pares.

Confira também as últimas atualizações da Plataforma de Inteligência:

* Boletim Mensal de Inteligência Maio/2019;
* Dashboard atualizado com os dados de Maio/2019;
* Estudo de Mercados Secundários Portugal 2019;
* Preparação para Feiras (Vídeo);
* Relatório IAPC 2019;
* Relatório IAPC Segurança 2019;
Através do link: https://www.bybrasil.org.br/plataforma-de-estudos/login 

• A plataforma é um benefício disponível para associados da ASSINTECAL e Participantes By Brasil.

Fonte: Setor de Inteligência da ASSINTECAL.

Sobre o By Brasil
Os fabricantes brasileiros que integram o setor de componentes interessados em ampliar suas relações comerciais com o mercado externo têm a oportunidade de participar, assim como outras 300 empresas, do projeto By Brasil Components, MachineryandChemicals, realizado pela Assintecal e Apex-Brasil, contando com parceria com a Abrameq, que pretende promover um bom desempenho das exportações e, consequentemente, do setor. O projeto possui soluções adequadas a cada nível de internacionalização, mantendo ao alcance das empresas ações de promoção comercial, inteligência, capacitação, entre outros. Para mais informações, entre em contato por meio do e-mail relacionamento@assintecal.org.br.

Sobre a Apex-Brasil
A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) atua para promover os produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira. A Agência apoia cerca de 11.000 empresas em 80 setores da economia brasileira, que por sua vez exportam para mais de 200 mercados. A Apex-Brasil também desempenha um papel fundamental na atração de investimento estrangeiro direto para o Brasil, trabalhando para identificar oportunidades de negócios, promovendo eventos estratégicos e dando apoio aos investidores estrangeiros interessados em alocar recursos no Brasil.

Sobre a Assintecal
Há 36 anos a Associação Brasileira de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal) atua diretamente na expansão de seu setor coureiro-calçadista. Seu trabalho é reconhecido pela força e diálogo com todas as esferas governamentais, pela consolidação do mercado internacional e pelo desenvolvimento em pesquisas e conteúdo de moda. A entidade responde por um setor que possui 3 mil empresas. Sediada em Novo Hamburgo (RS), possui também escritórios em São João Batista (SC), Nova Serrana (MG), Birigui (SP), Franca (SP) e Jaú (SP).

Fonte: Setor de Inteligência da ASSINTECAL.

compartilhe esta notícia

compartilhe esta notícia via e-mail

OPS!