Notícias



18/09/2019

Confira os principais destaques do mercado calçadista na América Latina, Europa e Ásia

compartilhe esta notícia
A Assintecal, por meio do setor de Inteligência de Mercado, divulga o Boletim de Calçados Edição Especial Jun/2019, o qual objetiva apresentar informações pertinentes do mercado calçadista de países selecionados da América Latina, Europa e Ásia.

Essas, entre outras informações, estão disponíveis na Plataforma de Inteligência no site do By Brasil, Components, Machinery and Chemicals – ação de incentivo às exportações realizada pela Assintecal e pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), que conta com parceria com a Associação Brasileira das Indústrias de Máquinas e Equipamentos para os Setores do Couro, Calçados e Afins (Abrameq).

MERCADO DA ARGENTINA
Em 2018, a indústria calçadista argentina produziu cerca de US$ 5,5 bilhões.
O consumo total de calçados na Argentina foi de US$ 10,9 bilhões em 2018, enquanto o per capita foi de US$ 244.

MERCADO DO CHILE
Em 2018, a indústria calçadista chilena produziu cerca de US$ 2,1 bilhões.
Do total de pares consumidos pelos chilenos em 2017, 90% é de origem importada, sendo o Brasil a 4º principal origem destas importações.

MERCADO DA COLÔMBIA
Em 2018, a indústria calçadista colombiana produziu cerca de US$ 1,6 bilhão.
Em 2019, a região colombiana que mais exportou calçados foi a de Bogotá e Cundinamarca (27%), a qual caracteriza-se por ter a concentração de importação calçadista (43%).

MERCADO DO MÉXICO
Em 2018, a indústria calçadista mexicana produziu 260 milhões de pares em 2018 (o que a posiciona como a 9ª maior a nível mundial) e cerca de US$ 12,6 bilhões.
No período 2012-2018, a produção de calçados mexicana cresceu, em média, 5,3% ao ano.

MERCADO DA ALEMANHA
A Alemanha é o 2º maior país importador; 4º maior exportador; e 7º maior consumidor mundial de calçados. Em 2018, a indústria calçadista alemã produziu cerca de US$ 14,1 bilhões.

MERCADO DA ESPANHA
A Espanha é o 8º maior país importador e o 10º maior exportador mundial de calçados.
Em 2018, a indústria calçadista espanhola produziu cerca de US$ 7,5 bilhões. A maior concentração das empresas de calçados e componentes na Espanha está na região de Valencia, que abriga 82% das empresas calçadistas espanholas.

MERCADO DA FRANÇA
A França é o 4º maior importador, o 10º maior consumidor e o 11º maior exportador mundial de calçados. Em 2018, a indústria calçadista francesa produziu cerca de US$ 9,5 bilhões.

MERCADO DA ITÁLIA
A Itália é o 10º maior país produtor; 6º maior importador e exportador; e 11º maior consumidor mundial de calçados. Em 2018, a indústria calçadista italiana produziu cerca de 184,3 milhões de pares.

MERCADO DE PORTUGAL
Em 2018, a indústria calçadista portuguesa produziu 80,4 milhões de pares. A produção de calçados está concentrada nas áreas próximas às cidades de Lisboa e Porto.

MERCADO DA CHINA
A China é o maior país produtor, consumidor e exportador mundial de calçados. O país produziu cerca de US$ 62,3 bilhões em 2018. A maioria da produção calçadista chinesa está concentrada no sudeste do país, nas províncias de: Guangdong, Zhejiang, Chengdu, Chongqing e Fujian.

Confira também as últimas atualizações da Plataforma de Inteligência:
* Panorama Econômico Agosto/2019;
* Boletim Calçados - Edição Especial Jun/2019
* Estudo de Mercados-Alvo Alemanha, Argentina, China, Colômbia e México 2019;
* Estudo de Mercados Secundários Espanha, Itália e Portugal 2019;

• A plataforma é um benefício disponível para associados da ASSINTECAL e Participantes By Brasil.
• Este é um estudo apoiado pelo By Brasil Components, Machinery and Chemicals.

Sobre o By Brasil Components, Machinery and Chemicals
Os fabricantes brasileiros que integram o setor de componentes interessados em ampliar suas relações comerciais com o mercado externo têm a oportunidade de participar, assim como outras 300 empresas, do projeto By Brasil Components, Machinery and Chemicals, realizado pela Assintecal, Apex-Brasil e Abrameq, que pretende promover um bom desempenho das exportações e, consequentemente, do setor.

O projeto possui soluções adequadas a cada nível de internacionalização, mantendo ao alcance das empresas ações de promoção comercial, inteligência, capacitação, entre outros. Para mais informações, entre em contato por meio do e-mail relacionamento@assintecal.org.br.

Sobre a Assintecal
Há mais de 35 anos a Associação Brasileira de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal) atua diretamente na expansão de seu setor coureiro-calçadista. Seu trabalho é reconhecido pela força e diálogo com todas as esferas governamentais, pela consolidação do mercado internacional e pelo desenvolvimento em pesquisas e conteúdo de moda. A entidade responde por um setor que possui 3 mil empresas. Sediada em Novo Hamburgo (RS), possui também escritórios em São João Batista (SC), Nova Serrana (MG), Birigui (SP), Franca (SP) e Jaú (SP).

Sobre a Apex-Brasil
A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) atua para promover os produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira. A Agência apoia cerca de 11.000 empresas em 80 setores da economia brasileira, que por sua vez exportam para mais de 200 mercados.
A Apex-Brasil também desempenha um papel fundamental na atração de investimento estrangeiro direto para o Brasil, trabalhando para identificar oportunidades de negócios, promovendo eventos estratégicos e dando apoio aos investidores estrangeiros interessados em alocar recursos no Brasil.

compartilhe esta notícia

compartilhe esta notícia via e-mail

OPS!